Catulo, Lésbia e o passarinho – Poema 3

Catulo na casa de Lésbia, por Sir Lawrence Alma-Tadema

Catulo na casa de Lésbia, por Sir Lawrence Alma-Tadema

Catulo cantou em seus poemas o seu amor por Lesbia. Catulo sofre, ama, odeia e principalmente, nos inspira! Amamos como Catulo, odiamos como Catulo, sofremos como Catulo. Porque o amor é o que nos une e o que experienciamos quando amamos é universal.

Compartilho aqui a minha tradução do poema 3 de Catulo. Lésbia sofre pois seu animal de estimação morreu e Catulo sofre ao ver a amada sofrer. O poema transborda ternura e o tema de Lésbia e seu pássaro inspirou belíssimas pinturas.

John Reinhard Weguelin Lesbia

Lésbia, por John Reinhard Weguelin.

LVGETE, o Veneres Cupidinesque,

Lésbia, por Tony Robert-Fleury

Lésbia, por Tony Robert-Fleury

et quantum est hominum uenustiorum:
passer mortuus est meae puellae,
passer, deliciae meae puellae,
quem plus illa oculis suis amabat.
nam mellitus erat suamque norat
ipsam tam bene quam puella matrem,
nec sese a gremio illius mouebat,
sed circumsiliens modo huc modo illuc
ad solam dominam usque pipiabat.
qui nunc it per iter tenebricosum
illuc, unde negant redire quemquam.
at uobis male sit, malae tenebrae
Orci, quae omnia bella deuoratis:
tam bellum mihi passerem abstulistis
o factum male! o miselle passer!
tua nunc opera meae puellae
flendo turgiduli rubent ocelli.

Chorai, ó Vênus e cupidos

Lésbia chorando pelo passarinho, por Sir Lawrence Alma-Tadema

Lésbia chorando pelo passarinho, por Sir Lawrence Alma-Tadema

e o quanto há de homens mais sensíveis à beleza:
morreu o pássaro da minha menina,
o pássaro, o mimo da minha menina,
a quem ela amava mais que a seus próprios olhos.
Pois ele era doce como o mel e conhecia sua dona
tão bem quanto a menina à própria mãe,
e nunca saía do seu colo,
mas, saltitando daqui para ali,
só para sua dona pipiava.
Que agora vai pelo caminho tenebroso
de onde dizem que ninguém volta.
Mas malditas sejas, malditas trevas
do Orco que tudo que é belo devorais!
Tão belo pássaro de mim roubastes.
Ó desgraça! Ó pobre pássaro!
por tua causa agora estão vermelhos
os olhinhos inchadinhos da minha menina de tanto chorar.

Tradução Bia Ribeiro Gratti

Lésbia com seu passarinho, por John Willian Godward

Lésbia com seu passarinho, por John Willian Godward

Poynter_Lesbia And Her Sparrow

Lésbia com seu passarinho, por Sir Edward John Poynter

Anúncios